segunda-feira, 16 de março de 2009

A Besta Humana


(Ilustração de Delara Daraibi- Prison)

Josef Fritzl, que aprisionou e violou a filha durante 24 anos numa cave do prédio construída para o efeito pelo próprio, como se de uma masmorra se tratasse, começa hoje a ser julgado na Áustria.
É de salientar que este energúmeno teve vários filhos da própria filha, sendo pai e avô das crianças ao mesmo tempo.
A filha encontra-se numa instituição psiquiátrica “abrigada” contra quaisquer abordagens da comunicação social, assim como os filhos, alguns já adolescentes.
Segundo noticia hoje o Expresso on-line “este monstro é acusado dos crimes de assassínio, escravatura, sequestro, violações, ameaças agravadas e incesto”.
O julgamento irá prolongar-se por toda esta semana e o tribunal conta com a presença de 3 juízes e 8 jurados convocados para o efeito.
Espero sinceramente que este crime repugnante seja punido com prisão perpétua, pois do meu ponto de vista uma pessoa destas não poderá beneficiar de quaisquer atenuantes.
Seja qual for a sentença e mesmo que Fritzl não volte a banhar-se nas águas quentes das praias tailandesas, já nada poderá apagar do corpo e da mente daquela filha e descendentes os incomensuráveis males causados.

Sem comentários:

Enviar um comentário