quinta-feira, 12 de março de 2009

A demência anda à solta pelas Escolas


Professoras travam balas com o corpo

"Desde 2002 que a Alemanha não via uma coisa assim. Tim Kretschmer, 17 anos, irrompeu pela sua antiga escola na cidade de Winnenden e começou a disparar sobre tudo o que mexia. Depois saiu e continuou a matança no exterior até que, horas depois, foi encurralado pela polícia e, vendo-se ferido, matou-se com um tiro na cabeça."(...)

HUGO COELHO - DN on-line, Quinta, 12 de Março de 2009

Meu comentário:
A sensação que me fica de cada vez que surge uma notícia deste teor é de profunda preocupação.
Já se registaram não sei quantos casos destes nos EUA, mais recentemente na Finlândia e agora na Alemanha.
Jovens com distúrbios do foro psiquiátrico graves, com ou sem antecedentes de comportamentos de psicopatia social, vão operando matanças em série, quase sempre acompanhadas de suicídio.
Professoras e colegas transformam-se nos bodes expiatórios de um descontentamento disruptivo e demencial que se transforma em crime hediondo.
Um dia pode ser por cá...

Sem comentários:

Enviar um comentário